Motivação: O recebimento de embarque de compra automático funciona da seguinte forma: É configurado um e-mail no Messenger e nesse e-mail são enviados os XMLs do fornecedor. Ao receber os XMLs, o e-mail configurado manda os XMLs para o sistema que faz uma análise se as informações contidas no XMLs se encontram também no sistema, ou seja, o processo de recebimento de embarque de compra automático confronta os dados,verificando os seguintes dados:


O conceito do preçoé feito da seguinte forma: Existe um parâmetro no sistema queanalisa a diferença de preço que varia o valor para mais ou paramenos.


Ex: Produto 001: No sistema é 4,99, no XML veio 5,00. Se houver configurado para analisar uma diferença de preço de 0,01, o sistema importará o XML com sucesso. Caso no XML o produto esteja com o preço de 5,01 ou no sistema estiver com o preço de 4,98, o sistema não importará devido estar fora da diferença.

Outra análise que osistema faz é se o XML utilizado está autorizado na Sefaz. Assim que é feita a importação do XML, o sistema envia os dados do XML para a Sefaz analisar que aquele XML importado pertence a uma nota que está autorizada na Sefaz ou não. Se estiver importado, o XML esta ok para ser faturado, se não tiver o sistema não permitirá que o XML seja faturado. Também o sistema faz uma análise em um determinado tempo (configurado nos parâmetros gerais) se aquele XML esta válido ainda ou foi cancelado nesse meio tempo. Esse tempo deve ser determinado nos parâmetros gerais até 48 horas, que é o prazo máximo que se faz permite o cancelamento.

Contudo, antes de faturar, é realizada uma inspeção com os seguintes Status:

O processo automático só deixa marcados os status “Validado pelo Usuário”e “Autorizado pela Sefaz” e desmarcado o “Faturado”, pois a ideia é que o cliente tenha uma lista de XMLs prontos para serem faturados e analisar os outros que não estão conferidos ou com XMLs inválidos ou com problema.

Assim que fizer essa análise, o cliente pode faturar os que estão ok pelo botão faturamento automático. Ao clicar nesse botão e escolher o XML importado a ser faturado, o sistema direcionará ao evento que está configurada a CFOP e realiza o faturamento de compra.

No faturamento automático, assim como ocorre nos eventos manuais, o sistema valida se o evento influencia no estoque e/ou no financeiro. Caso influencie no financeiro é preciso configurar nos parâmetros gerais a condição de pagamento que será utilizada nesse evento para a realização do faturamento. Isso faz que os valores das parcelas que estão no XML vão para o financeiro.

Após todo oprocesso, caso não tenha erros, o sistema realiza o faturamento de compra automático e marca o status “Faturado”.


Processo:

Para ativar o recebimento de embarque de compra automático no sistema, é preciso instalar o millennium!enfe.minst que está na c:\wts\modules. Após a instalação, é necessário acessar o gerenciador de usuários para liberar o acesso que está em logística\recebimento\recebimento decompra (automático).

Ao acessar o sistema, antes de iniciar os testes, é preciso configurar o e-mail em configurações gerais\sistema\messenger na aba configurações recebimento de e-mail.

O tipo de conta que é sugerido para utilizar é o IMAP4, pois o processo desse tipo de conta é mais rápido do que o POP3.

O cliente pode optar em manter uma cópia no servidor de e-mail e informar quantos dias quer manter essa cópia, se escolher “0” deixará para sempre.

Veja como deve ser configurado:

Após fazer essa configuração, o sistema envia essa informação para a tabela msg_dados com o tipo“email_received” que são os e-mails importados do servidor para a base de dados do sistema.

Para fazer as configurações dentro do sistema para colocar os dados gerais, contas de e-mail e nfe, é preciso ir em configurações gerais\entrada nota fiscal eletrônica.

Na guia geral é possível selecionar a filial e a conta num combo, as horas de consulta do status do XML na Sefaz, se os valores das casas decimais serão truncados e também ignorar cálculos de PIS, COFINS e ICMS que vem do XML acatar os cálculos do sistema:


Na guia NFe, o cliente deve selecionar a condição de pagamento e pode optar em determinar uma diferença e preço permitido:

Ao clicar na aba Contas e-Mail foi ser criado um combo para puxar as informações do e-mail configurado no Messenger:

Ao fazer esse processo automático, os XMLs são enviados na pasta download_enfe dentro da pasta wts e se tiver ok, envia para a pasta processados, se tiver com erros, os XMLs vão para a pasta problemas.

Após o XMLs ser recebido na base, o sistema começa a fazer a análise do XML conforme as configurações deixadas nos parâmetros de entrada nota fiscal eletrônica.


Obs.1: Para encontraro envio, a CFOP só deve estar configurada em um só evento, casohouver dois com as mesmas configurações, o sistema não conseguirávincular a CFOP pois não saberá em qual evento será faturado:

Obs. 2: Para que as validações sejam realizadas corretamente, é preciso que o ambiente da Nfe deve estar de acordo com o ambiente do XML na Sefaz (Produção ou Homologação) e as datas de faturamento do XML também deve estar de acordo com a data de emissão das parcelas do XML que vão para o financeiro, caso haja parcelas vinculadas no XML.

Ao realizar oprocesso, veja como dica dentro do sistema acessando o ir para\logística\recebimento\recebimento de compra (automático) e clicarem verificar e-mail:

Ao clicar nesse botão, o sistema processará todos os e-mails da conta do Messenger que contém os XMLs e enviará para o sistema. Após esse processo,clique em procurar para exibir a lista de XMLs importados:

Após essa análise,na última coluna é exibido o log com as informações que faltam no sistema ou no XML, que já foi explicado no conceito:

Ao clicar em alterar no recebimento que está ok, repare que o sistema encontrou as informações do XML no sistema:






Após fazer uma análise dos logs e alterando o documento, checando se as informaçõe sestão ok ou não, do botão ações, o cliente tem algumas opções que podem ser escolhidas para analisar e corrigir a lista de recebimentos. São essas:

• Abrir Movimento: Essa opção consulta a movimentação do XML que foi faturado, quando o flag faturado estiver marcado.
• Consulta Sefaz: Essa opção consulta a situação do XML na SEFAZ. Caso tenha atualizado o status na Sefaz, o sistema atualiza as informações, após uma nova checagem, para mudar para o Status Autorizado pela Sefaz ou Cancelado pela Sefaz.

• Imprime Documento: Essa opção imprime a Danfe do XML

• Reavaliar Relacionamentos: Essa opção tem como objetivo reavaliar todos os dados do XML, caso o cliente tenha cadastrado o produto, a conta, CFOP, entre outros dados, que não estavam cadastrados no sistema no momento da importação e que o log apontou, e atualiza as informações novamente para que o XML mude para o status validado pelo usuário caso as informações estejam ok.
• Salva XML: Essa opção tem como objetivo Salvar o XML para algum diretório da estação.
• Visualizar Documento: Essa opção visualiza a Danfe do XML.

Após essas informações é possível realizar o faturamento automático, clicando em Faturamento Automático:

Ao clicar em próximo e ir para a próxima tela o sistema exibirá uma lista com os XMLs que estão prontos para faturar. Nesta tela, o cliente pode escolher, quais XMLs deseja faturar:

A próxima é uma tela de confirmação dos XMLs escolhidos. Após confirmar, o cliente precisa clicar em processar, para realizar o faturamento:

Após esse procedimento, se as configurações estiverem ok, o sistema exibirá a mensagem: “Faturado com sucesso”.

Ao fazer a consulta de movimentações, perceba que os XMLs foram faturados corretamente:

Veja que os títulos foram gerados de acordo com as parcelas do XML:

Contudo, ao realizar as importações e faturamentos automáticos dos XMLs, o cliente necessitará mais importar um a um, pois agora o sistema faz uma análise mais rápida e precisa nas informações.