Acesso

Vendas\Formação de preço\Ficha de custo


Motivação

Este recurso é um reflexo direto da utilização do processamento da ficha técnica até o último nível.

Uma vez que a empresa produz os itens secundários que utiliza na fabricação de seu produto final, faz-se necessário

que no custo do produto final seja incluído também o custo dos tais itens secundários.


Com base na ficha técnica do produto final e dos itens secundários (subprodutos), o sistema calculará o custo total

do produto final.


Para empresas que produzem, a ficha técnica é um requisito básico no cálculo do custo. Mas é possível cadastrar

fichas de custo manualmente para os subprodutos e, posteriormente, gerar uma ficha de custo para um produto

final composto pelos subprodutos, sem que haja um processo de produção vinculado. Por exemplo, criação de kits

montados com vários produtos acabados.


Parâmetros


Em Produção:


Nas Configurações Gerais, na guia Financeiro, ligue o flag Processa Ficha de Custo até o último nível.

Em Cadastros, ter fichas técnicas cadastradas para os subprodutos utilizados na composição do produto final.

Em Vendas\Formação de Preços, devem ser cadastradas previamente as tabelas de preços de custo e de venda, que

serão usadas durante a execução deste processo.


Entradas


Inclusão da ficha de custo para os subprodutos


Para fins de entendimento do processo, vamos chamar de subprodutos os produtos acabados usados na composição

do produto final.


Como a ficha de custo do produto final será composta também pelo custo dos subprodutos, será necessário

cadastrar as fichas de custos dos subprodutos primeiro.


Usaremos como base as mesmas informações do recurso de processamento da ficha técnica até o último nível, que

nos permite dar continuidade ao mesmo raciocínio.

Abaixo, temos um exemplo dos componentes usados para o produto final.



Em Vendas\Formação de Preço, acesse o link Fichas de custo.

Vamos incluir a ficha de custo para o primeiro subproduto que deve estar pronto para dar início ao produto final.

Na tela de inclusão de ficha de custo, no campo Modo, selecione a opção Vinculada a uma ficha técnica. Isto fará

com que o sistema vá buscar as informações para o cálculo na ficha técnica dos produtos.


Digite um código para a ficha, selecione o produto e a respectiva ficha técnica. Ao selecionar a ficha técnica, o

sistema irá carregar na tela os itens usados na produção do subproduto_NIVEL_3. A seguir, selecione a tabela de

preços de custo na qual estão cadastrados preços dos subprodutos ou matérias-primas. Clique no botão Carrega

dados da ficha técnica, para que o sistema preencha a grid com os valores. Este botão fica no grid de produtos, bem

ao lado dos grupos de matérias-primas.


Observe que, de acordo com o exemplo do nosso produto final, o subproduto_NIVEL_3 consumirá apenas as

matérias-primas MP_1 e MP_5.



Se o usuário quiser, poderá salvar os valores de custo calculados em uma tabela de preços de custo. E os custos

obtidos podem ser usados no cálculo dos preços de venda do produto.

Clique em Gravar Ficha para salvar as informações.


Agora que o subproduto_NIVEL_3 já tem sua ficha de custo, é possível incluir a ficha de custo dos

subprodutos_NIVEL_2 e NIVEL_1 também.

Vamos pular direto para a ficha de custo do subproduto_NIVEL_1, mas lembrando que a ficha do NIVEL_2 deve ser

feita antes para que o resultado fique correto.

Após preencher os campos da tela de ficha de custo, o sistema carregará no grid de produtos os itens que compõem

o subproduto_NIVEL_1 e os valores.



Veja como a ficha de custo do subproduto_NIVEL_1 carrega os subprodutos_NIVEL_2 e NIVEL_3 incluindo também

as matérias-primas simples que também são necessárias no processo produtivo.


Observe que na linha do subproduto_NIVEL_3 vem exibindo o valor total de R$ 88,20, conforme a imagem da sua

ficha de custo, e na linha do subproduto_NIVEL_2 exibe o valor de R$ 335,50. Somando estes valores aos valores das

matérias-primas simples necessárias na produção do subproduto_NIVEL_1, temos o valor de R$ 440,83.


Atenção! Para salvar os valores das fichas de custo é necessário clicar no link Gravar Ficha, ou seu trabalho será

perdido.


Inclusão da ficha de custo para o produto final


Agora que temos as fichas de custo dos três subprodutos necessários para obtermos o produto final, podemos

incluir a ficha de custo do produto final.

Como foi feito nas fichas de custo dos subprodutos, preencha os campos da tela e clique no botão para carregar os

dados da ficha técnica.

Veja no detalhe do grid de produtos que o sistema carregou para o produto final os três subprodutos envolvidos em

seu processo e mais as matérias-primas MP_1 e MP_6, conforme vimos no exemplo da elaboração do produto final.

Somando os custos dos três subprodutos com as matérias-primas empregadas diretamente no processo do produto

final, temos um custo de R$ 953,36.

Lembrando que para salva os valores da ficha, o usuário deve sempre clicar em Gravar Ficha.



Atualização automática de ficha de custo


Como vimos, o processo de criação das fichas de custo pode ser bastante trabalhoso, caso o produto final seja

composto por muitos subprodutos e matérias-primas. Imagine que seja feita uma alteração no preço da matériaprima

usada na fabricação do subproduto_NIVEL_3. O responsável pela atualização dos preços de custo dos

produtos teria que localizar todos os produtos que utilizassem este subproduto em sua composição para alterar os

valores.


Para auxiliar na manutenção dos valores calculados, uma vez que todos os itens estão sujeitos às variações de

preços, o Millennium poderá atualizar automaticamente todas as fichas de custo que estiverem vinculadas, assim

que o preço de algum dos componentes for alterado.

Vamos retornar ao exemplo de inclusão da ficha de custo do subproduto_NIVEL_3 e verificar o preço de custo da

matéria-prima simples MP_5: R$ 10,80.


Vamos imaginar que a empresa recebeu uma nova remessa desta matéria-prima por R$ 110,80. Vamos usar um

valor alto e redondo para visualizar facilmente a alteração no preço final do produto.

Então o novo valor deve ser atualizado na tabela de preços de custo que será usada na composição da ficha de custo

do produto.


Na tela de consulta de fichas de custo, selecione a ficha a ser alterada e no link Outras Funções, selecione a opção

Atualização automática de ficha de custo.


A seguir, selecione a tabela de custo, o produto cujo preço foi atualizado e ligue os flags para atualizar todas as

matérias-primas e o custo do produto acabado. Selecione a tabela de custo na qual o novo preço do produto final de

deve ser gravado e vá para a próxima tela.



Na tela seguinte, o sistema exibirá todos os itens que terão seus preços afetados como reflexo do aumento da MP_5.



Veja que, de acordo com o exemplo do produto final, três subprodutos terão seus custos alterados, além do produto

final, apesar da MP_5 ser usada somente no subproduto_NIVEL_3.

Clique em Próximo e aguarde a mensagem de comando executado com sucesso e consulte novamente as fichas de

custo dos subprodutos envolvidos no processo.


Observe os novos valores de custo para os três subprodutos e o valor para o produto final, a partir da alteração do

preço de custo da MP_5.

No subproduto_NIVEL_3 já podemos observar um aumento de R$ 300,00, que foi refletindo no cálculo dos custos

dos subprodutos acima dele.



Veja na planilha abaixo, o cálculo feito pelo sistema para chegar nos custos atualizados dos subprodutos e do

produto final.



Validações e Saídas


Os custos dos produtos finais serão calculados com base nas fichas de custos dos subprodutos mais as matérias primas

empregadas.


As alterações realizadas serão salvas nas tabelas de custos selecionadas na ficha de custo do produto.