O cadastro das filiais deve conter informações sobre:


Registro jurídico: razão social, CNPJ, inscrições estaduais e municipais e demais dados que se façam necessários ao exercício legal de suas atividades;
Endereços: principal, cobrança e entrega, devem ser distintos dentro do sistema porque seus reflexos nos processos são diferentes;


Dados fiscais: estas informações terão reflexos sobre as arrecadações dos impostos municipais, estaduais e federais referentes às atividades da empresa. O contador responsável deve ser consultado sobre o conteúdo correto a ser informado nestes campos. Informações fiscais incorretas podem resultar em autuações por parte do fisco. Com a escrituração fiscal digital – EFD – os órgãos de fiscalização do governo estão cada vez mais ágeis no tratamento das informações recebidas e na percepção de dados inconsistentes.